quarta-feira, maio 21, 2014

Organização: Segundo «romance» concluído…

… E registado. Ontem entreguei na Inspecção-Geral das Actividades Culturais, no Palácio Foz, em Lisboa, (mais) um requerimento para o registo de uma obra literária de minha autoria: o meu segundo «romance», ao qual já havia feito referência em 2011… um ano depois de ter começado a escrevê-lo, a 25 de Abril de 2010. Afinal, terminei-o um ano depois do que havia previsto então: há cerca de um mês, a 25 de Abril de 2014. E ontem também apresentei este meu trabalho como concorrente a um prémio literário. Porém, não acredito que consiga triunfar; não porque não esteja confiante na qualidade e na originalidade deste meu livro, mas porque a forma e o conteúdo dele inserem-se num género e num estilo – ficção científica, e, ainda por cima, uma distopia – que não costumam merecer atenção e apreço por parte da maioria dos críticos e dos membros de júris em Portugal. No entanto, o mais importante é que, finalmente, o «sucessor» de «Espíritos das Luzes» está feito. E por isso estou (moderadamente) satisfeito.

2 comentários:

Joao Neves disse...

Olá, Octávio. Fico feliz por saber que tens outro romance pronto. Gostei dos contos de Visões e do romance Espíritos das Luzes, especialmente deste, por ser tão original. Nunca leio FC, mas vejo quase tudo o que passa de FC nos cinemas. Mas conto voltar à FC literária com o teu livro. Votos de um grande sucesso.

OCTÁVIO DOS SANTOS disse...

Obrigado, João. O grande «problema» vai ser, mesmo, publicá-lo... partindo do princípio de que, previsivelmente, não vencerá o prémio a que concorro. Nada, porém, a que eu não esteja (infelizmente) habituado... Um abraço!