segunda-feira, agosto 31, 2020

Olhos e Orelhas: Segundo Quadrimestre de 2020

A literatura: «Clepsidra», Camilo Pessanha; «Os Quatro Grandes», Agatha Christie; «Argumentos Para Filmes» (Claudia J. Fischer e Patricio Ferrari, org.), Fernando Pessoa; «O Amor Louco», André Breton; «O Sol nas Noites e o Luar nos Dias - Volume 1», Natália Correia; «Príncipe Valente - Os Caçadores de Hunos», «(...) - De Roma a Damasco», «(...) - À Procura de Aleta» e «(...) - A Maldição da Torre Negra», Harold R. Foster; «Comunidade», Luíz Pacheco.
A música: «Banda Sonora Do Filme "A Canção De Lisboa", Fados E Marchas Populares», Beatriz Costa; «Anthem Of The Peaceful Army», Greta Van Fleet; «Teen, Age», Seventeen; «Rammstein - Paris», Rammstein; «Lemonade», Beyoncé; «1979-1987», Doce; «The Queen Is Dead», Smiths; «Psychocandy», Jesus And Mary Chain; «The Magazine», Rickie Lee Jones; «The Revolution By Night», Blue Oyster Cult; «Por Sendas, Montes E Vales», Brigada Victor Jara; «Abraxas», Santana; «Mad Dogs & Englishmen», Joe Cocker; «Hot Rats» e «Cruising With Ruben & The Jets», Frank Zappa; «Vol. 1 - Bird Of Paradise», Charlie Parker; «Il Cimento Dell'Armonia E Dell'Invenzione», Antonio Vivaldi (por Edmondo Malanotte, Franco Gulli e Renato Zanfini, com os Virtuosos de Roma dirigidos por Renato Fasano); «Goldberg Variationen», Johann Sebastian Bach (por Glenn Gould).
O cinema: «Tolkien», Dome Karukoski; «Bem Vindos a Marwen», Robert Zemeckis; «Bestas Fantásticas - Os Crimes de Grindelwald», David Yates; «Homem-Aranha - Longe de Casa», Jon Watts; «Cézanne e Eu», Danièle Thompson; «Joker», Todd Phillips; «Atirador Americano», Clint Eastwood; «John Wick - Capítulo 3 - Parabellum», Chad Stahelski; «Victoria e Abdul», Stephen Frears; «Osmosis Jones», Bobby Farrelly e Peter Farrelly; «Homens-X - Fénix Negra», Simon Kinberg; «Ontem», Danny Boyle; «Capitã Marvel», Anna Boden e Ryan Fleck; «Alita - Anjo de Batalha», Robert Rodriguez; «Variações», João Maia; «Orgulho e Preconceito e Zombies», Burr Steers; «A Rapariga do Capuz Vermelho», Catherine Hardwicke; «O Amor nos Tempos da Cólera», Mike Newell; «Conan, o Bárbaro», Marcus Nispel; «Pokémon Detective Pikachu», Rob Letterman; «Aves de Rapina e a Emancipação Fantabulosa de uma tal de Harley Quinn», Cathy Yan; «Hortelã-Pimenta», Pierre Morel; «Prisioneiros», Denis Villeneuve; «Era uma Vez na América», Sergio Leone; «O Decameron», Pier Paolo Pasolini. 
E ainda...: Força Espacial dos Estados Unidos - primeiro anúncio de recrutamento; «Tabu», Chips Hardy, Tom Hardy e Steven Knight; Museu do Neo-Realismo - exposição «Rui Filipe - Em busca do absoluto» + mostra «Homenagem a Soeiro Pereira Gomes»; «O Grande Encontro», (anúncio publicitário da Ferrari realizado por) Claude Lelouch; Biblioteca Municipal de Vila Franca de Xira/Fábrica das Palavras - exposição «António Antunes - Entrelinhas»; «Leitura de "O Corvo" de Edgar Allan Poe, numa tradução de Fernando Pessoa», (vídeo literário de) David Soares; Câmara Municipal de Loulé/Galeria de Arte da Praça do Mar de Quarteira - exposição colectiva de Ana Almeida, Ana Feu, Carlos Correia, Gerda Gritzka, Fiona Issler, Filipe Paixão, Júlio Antão, Hermínio Pinto e Tó Quintas «Lixo x Arte (Between)»; Biblioteca Nacional de Portugal - exposição «Jardins históricos de Portugal - Memória e futuro» + exposição «Cidades de papel - Separatas e construções de armar» + mostra «A arte liga-nos - Serigrafia solidária assinada por nove artistas portugueses (Cristina Ataíde, Gracinda Candeias, José de Guimarães, Leonel Moura, Marçal, Pedro Calapez, Rico Sequeira, Silva Palmeira e Sofia Areal)»; Força Aérea Portuguesa - Museu do Ar (pólo de Sintra); «We Are Chaos», (vídeo musical de) Marilyn Manson.

domingo, agosto 16, 2020

Orientação: Para as armas...

... No MILhafre e no Obamatório está, a partir de hoje, o meu texto «Armados e virtuosos», que aborda as diferenças na resposta ao aumento da insegurança e da criminalidade nos EUA, no Brasil e em Portugal, e, em especial, como o assunto da posse e o uso de armas por parte de cidadãos não-cadastrados é encarado naqueles três países - muito bem no primeiro, melhor no segundo e mau no terceiro.